Preservar a segurança na internet é um ponto importante para quem busca se relacionar através de aplicativos e sites. É muito comum nos dias de hoje, jovens se conectarem a sites específicos para relacionamentos. Porém, na maioria das vezes se esquece a importância de cuidar da segurança de nossas informações pessoais.

Assim, quando utilizamos a internet como facilitadora e intermediadora de relações, esquecemos que por trás de uma tela não conhecemos a verdadeira identidade de quem está ali. Visto isso, é necessário que medidas de precaução sejam tomadas antes que encontros efetivos sejam marcados. Por isso, nesse artigo vamos abordar alguns pontos importantes quando se trata de segurança em encontros provindos da internet.

Não divulgue informações

Ao começar uma conversa com um usuário por meio de aplicativos de relacionamentos é importante ter cautela. Infelizmente, não podemos confiar em todos e, por isso, o melhor é não passar informações como, por exemplo, seu endereço, logo no início de uma conversa.

Também é interessante fazer perguntas pessoais antes de um encontro. Como por exemplo, cor preferida, nomes dos pais, gosto por animais. Assim, após algum tempo, ao questionar novamente sobre essas informações, poderemos perceber mentiras se houver contradições.

A cautela é essencial para a segurança na internet. Ou seja, é importante ter acesso ao perfil do usuário em outras redes sociais e checar se as informações entre as redes batem. Assim como, é necessário averiguar se não estão sendo usadas fotos de outras pessoas.

Sua segurança em primeiro lugar

Adriano Mendes, em entrevista à rádio Radiojornal Esquina, de Brasília, acredita que muitas vezes aquela pessoa pode não ser quem pensamos ser e, ao disponibilizar informações pessoais na internet, elas podem servir para chantagens ou perseguições. “Não é legal, logo de cara, falar o endereço da sua casa, nem mandar nudes e fotos comprometedoras. Muito menos contar segredos íntimos!” diz o advogado especialista em Direito Digital.

Para que um encontro com alguém de um aplicativo de mensagem aconteça com segurança, algumas atitudes de prevenção podem ser tomadas. Como por exemplo, deixar algum amigo avisado e, se precisar de ajuda, ele saberá onde encontrá-lo.

O local onde o encontro ocorrerá também deve ser levado em consideração. “Na prática, marque os primeiros encontros somente em locais públicos e de grande circulação. Locais onde você possa ir e voltar sozinho ou sozinha. Afinal, são pessoas desconhecidas e é recomendável ir com cautela nos primeiros contatos e encontros.” conclui Mendes.

Casos judiciais

Em alguns casos, é notável que o relacionamento online – seja romântico ou amizades – tragam consequências para a “vida real”. Ou seja, mesmo com a distância, o usuário passa a confiar em quem está do outro lado da tela, enviando informações pessoais muito importantes como senhas e dados pessoais capazes de serem usados em fraudes e chantagens.

Adriano explica que alguns problemas relacionados a segurança de suas informações em um relacionamento não importa judicialmente em como as pessoas se conheceram, mas sim o fato. “Há casos de extorsão, chantagem, perseguição física e nas redes sociais. E, até mesmo casos de abalo psicológico ou físico que são enquadrados na Lei Maria da Penha, Revenge Porn e outros tantos crimes do Código Penal.” diz.

Procure ajuda!

A segurança na internet é um tema complexo e que necessita ser discutido. É importante que tomemos consciência de que oferecer informações pessoais pode trazer consequências graves para nossa “vida real”.

Em algumas situações percebemos que os problemas ultrapassam os limites da internet e, assim, é necessário acionar especialistas para ajudar no caso.  “Em alguns casos são necessários processos judiciais para descobrir de onde a pessoa está enviando as mensagens e quem é. Em outros, é necessário entrar com ações criminais contra os Stalkers (perseguidores em inglês) ou contra terceiros para retirar vídeos e fotos que vazaram.” comenta Adriano Mendes.

Assim, quando é necessário a ajuda de um advogado para o caso, é importante reunir provas como mensagens e fotos trocadas para a comprovação da perturbação vinda de terceiros.

Os advogados do Assis e Mendes são especialistas em Direito Digital e estão disponíveis para te auxiliar em casos que envolvam a segurança de suas informações na internet!

Entre em contato conosco!