Você deve ter percebido um repentino aumento nas demandas sobre a LGPD nas últimas semanas!

Com a entrada em vigor da lei antecipada, para setembro agora, grandes empresas e provavelmente os clientes mais estratégicos dos negócios começaram a disparar “sem aviso” aditivos de contratos para LGPD junto com checklists de conformidade que são difíceis de serem preenchidos por quem ainda não fez a lição de casa. 

A mesma dúvida sobre a conformidade vale para os fornecedores que têm acesso aos dados das nossas empresas e de nossos clientes. Será que as condutas destes terceiros “operadores” não pode gerar multas, indenizações ou perda de clientes por questões técnicas e jurídicas? 

As obrigações e multas são pesadas. Qualquer CEO, CIO ou gestor que lê os termos percebe que não dá para assinar compromissos assim, achando que nada vai acontecer.

Então, como se precaver e evitar que isto vire um problema?!

Aqui e ali temos participado de várias frentes para divulgar positivamente os benefícios da compliance digital, mapeamento de dados e garantia dos novos direitos dos titulares. A privacidade realmente compensa e é um investimento com ROI positivo.

Agora chegou a hora de continuar essa conscientização através de consultoria específica. Cada negócio é único e deverá demonstrar que adequado à sua maneira, com a revisão e documentação de seus processos.

Se você ainda está em dúvida sobre o que é necessário fazer, bem como responder aos questionamentos dos seus clientes ou como garantir os novos direitos dos titulares de dados, procure-nos para um bate-papo rápido com um especialista!

Nossa visão é que a LGPD não deve burocratizar os negócios, nem é tão difícil quanto outros querem fazer parecer. 

Começamos em 2.017 nesta jornada. Desde então a equipe do @Assis e Mendes Advogados está apoiando negócios do setor bancário/financeiro, varejo, indústria, saúde, internet e e-commerce de diferentes formas para a adequação à LGPD, GDPR e Proteção de Dados.

Conte conosco!

Adriano Mendes