O SITE DA MINHA EMPRESA COLETA DADOS; PRECISO ME ADEQUAR À LGPD?

29 de maio de 2024

A era digital trouxe consigo diversas formas de se comunicar, trabalhar, estudar e interagir com o mundo ao nosso redor. Com isso, as informações que compartilhamos na internet passaram a gerar cada vez mais preocupação, sobretudo quando nos questionamos: para onde vão os dados que acabei de compartilhar em uma determinada página?

 

Com a crescente preocupação com a privacidade e a segurança dos dados pessoais, a legislação brasileira se adaptou para garantir a proteção dos indivíduos nesse ambiente virtual. Nesse contexto, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em vigor desde setembro de 2020, surgiu como uma peça fundamental para regulamentar o tratamento dessas informações sensíveis.

 

Assim, se o site da sua empresa coleta dados pessoais, como nome, endereço, e-mail, telefone, CPF e dados de localização, sua empresa precisa se adequar à LGPD, implementando medidas para garantir a segurança e a privacidade das informações coletadas, além de assegurar transparência no tratamento desses dados aos usuários do site.

 

A seguir, destacaremos alguns pontos essenciais para entender o que é a LGPD e orientá-lo sobre como garantir que sua empresa esteja em conformidade com ela:

 

Mas afinal, o que é a LGPD?

 

A LGPD, Lei nº 13.709/2018, estabelece regras sobre como os dados pessoais devem ser tratados pelas organizações, sejam elas públicas ou privadas. Seu principal objetivo é proteger a privacidade dos cidadãos, garantindo que seus dados sejam utilizados de forma transparente, segura e responsável.

 

Como saber se o site da minha empresa precisa se adequar à LGPD?

 

Como mencionado anteriormente, se sua empresa coleta dados pessoais em seu site, por meio de diversas ferramentas como formulários de contato, cookies de rastreamento e análises de tráfego, é essencial que esteja em conformidade com a LGPD.

 

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) fixa, em seu artigo 7º, uma série de hipóteses nas quais o tratamento de dados pessoais pode acontecer (as chamadas “bases legais”). Dentre estas hipóteses, inclui-se o chamado “consentimento do titular”, que é uma das hipóteses mais aplicadas em sites e demanda que os responsáveis pelo tratamento de dados, nestas ocasiões, devam obter a autorização clara dos usuários antes de coletar e utilizar seus dados pessoais. 

 

Além de obter o consentimento, as empresas têm a obrigação de garantir a segurança desses dados, implementando medidas técnicas e administrativas adequadas para protegê-los contra acessos não autorizados, vazamentos ou qualquer outro incidente de segurança. Cumprir a LGPD não é apenas uma obrigação legal; é essencial para proteger a privacidade dos usuários e manter a confiança do público.

 

Como me adequar à LGPD?

 

Para se adequar à LGPD, as empresas que possuem sites devem tomar uma série de medidas, tais como:

  • Criação ou revisão de uma Política de Privacidade: 

 

Uma política de privacidade é um documento que explica como uma empresa coleta, usa, compartilha e protege os dados pessoais dos usuários. Esses dados podem incluir informações como nome, e-mail e endereço IP. O principal objetivo da política é informar os usuários de maneira clara e transparente sobre o tratamento de suas informações.

  • Obtenção de Consentimento:

 

Conforme falamos acima, é muito importante que todo dado coletado em seu site conte com uma base legal adequada, sobretudo quando necessário o consentimento do proprietário dos dados. Logo, obter o consentimento dos usuários em seu site é um passo essencial na coleta e utilização de dados pessoais. Isso significa que as empresas devem garantir que os usuários estejam plenamente informados e concordem voluntariamente com o uso de suas informações. 

 

Para isso, é necessário implementar mecanismos que permitam aos usuários fornecerem seu consentimento de forma livre, específica, inequívoca e informada antes da coleta e utilização de seus dados pessoais. Incluindo, por exemplo, o uso de caixas de seleção claras e facilmente compreensíveis, juntamente com informações detalhadas sobre como os dados serão usados e quais serão os direitos dos usuários em relação a essas informações.

  • Segurança da Informação:

 

Para garantir a segurança dos dados pessoais de seus clientes, as empresas devem adotar diversas medidas de proteção. Entre essas medidas, destaca-se o uso de tecnologias como criptografia, que codifica os dados para torná-los ilegíveis para pessoas não autorizadas. Além disso, é crucial implementar firewalls, que monitoram e controlam o tráfego de rede, evitando acessos não autorizados e protegendo contra ataques cibernéticos.

 

Outra medida fundamental é o controle de acesso, que restringe quem pode visualizar, modificar ou acessar os dados sensíveis, garantindo que apenas funcionários autorizados tenham acesso às informações dos clientes, reduzindo significativamente o risco de violações de dados e protegendo a privacidade dos usuários.

  • Treinamento de Funcionários:

 

É altamente recomendável fornecer treinamento aos colaboradores sobre proteção de dados e conformidade com a LGPD, conscientizando-os sobre a importância da segurança da informação e as melhores práticas para lidar com dados pessoais dos clientes, reduzindo o risco de violações de dados e garantindo a conformidade com a legislação.

  • Monitoramento e Auditoria:

 

Implementar um sistema de monitoramento e auditoria contínuos é crucial para garantir a conformidade com as leis de proteção de dados. Esse processo envolve uma revisão constante dos procedimentos internos de tratamento de dados, com o intuito de identificar eventuais vulnerabilidades e garantir a segurança das informações dos clientes.

 

Dessa forma, uma vez identificado que o site da sua empresa coleta dados pessoais sob qualquer forma, é crucial compreender que estar em conformidade com a LGPD não é apenas uma obrigação legal, mas também uma maneira de estabelecer e manter a confiança dos usuários. Proteger os dados pessoais dos clientes é fundamental para preservar sua privacidade e evitar possíveis sanções legais.

 

Se sua empresa ainda não está em conformidade com a LGPD, estamos aqui para ajudar em todas as etapas, desde a criação da Política de Privacidade até a implementação de treinamentos para funcionários.

 

Para saber mais sobre o assunto: https://assisemendes.com.br/estrategias-para-adotar-uma-postura-preventiva-em-conformidade-com-a-lgpd/ 

 

Para saber mais sobre outros temas relacionados ao Direito do Digital e Empresarial, a equipe do Assis e Mendes possui especialistas prontos para atender as necessidades de sua empresa. Entre em contato conosco pelo site https://assisemendes.com.br/.

 

Cleonice Soares, advogada da equipe de empresarial do Assis e Mendes, pós-graduanda em Direito Contratual Aplicado.

Compartilhe:

Mais Artigos

Fui vítima de um crime virtual: e agora?

É muito importante saber o que fazer para se proteger e buscar justiça.

Minha empresa precisa mesmo de um DPO?

A obrigatoriedade do profissional é patente. Veja os motivos.

GOOGLE E JUSBRASIL SÃO OBRIGADOS A REMOVER PÁGINAS QUE EXPÕEM DADOS DE VÍTIMA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

As empresas responderam afirmando não terem responsabilidade sobre o conteúdo publicado

O SITE DA MINHA EMPRESA COLETA DADOS; PRECISO ME ADEQUAR À LGPD?

Se o site coleta dados pessoais por cookies, análise de tráfego, formulários de contato ou outra ferramenta, sua empresa deve estar em conformidade com a LGPD.

Na era dos cibercrimes, a sua empresa está preparada para lidar com um incidente de segurança?

Entre as ações necessárias está o Plano de Respostas a Incidentes

Comunicado | Domicílio Judicial Eletrônico

Pedimos sua atenção para uma atualização cadastral necessária: Foi instituído o Domicílio Judicial Eletrônico, com a obrigatoriedade das empresas cadastrarem um e-mail válido para receberem citações e informações da Justiça …

Entre em contato

Nossa equipe de advogados altamente qualificados está pronta para ajudar. Seja para questões de Direito Digital, Empresarial ou Proteção de Dados estamos aqui para orientá-lo e proteger seus direitos. Entre em contato conosco agora mesmo!

Inscreva-se para nossa NewsLetter

Assine nossa Newsletter gratuitamente. Integre nossa lista de e-mails.