O dia em que muitos ficaram “fora do ar”

29 de outubro de 2021

                                                              O DIA EM QUE MUITOS FICARAM “FORA DO AR”

No último dia 04/10/2021, WhatsApp, Instagram e Facebook enfrentaram instabilidades e falhas, causando transtornos para muitas pessoas e empresas que utilizam tais plataformas, principalmente relacionadas ao trabalho.

Segundo o Downdetector, site que monitora o funcionamento de plataformas e aplicativos, o WhatsApp começou a ter relatos de instabilidade por volta das 12:45h do dia 04/10/2021.

O PROCON – SP notificou, no dia 05/10/2021, o WhatsApp pelo ocorrido. O órgão, através do seu diretor-executivo, Fernando Capez, em entrevista ao site Tecnoblog, informou que houve “prestação deficiente do serviço” Para ele muitas pessoas se prejudicaram em razão do problema. Informou, também, que a empresa poderá ser multada em até R$10,7 milhões.

O Facebook, se pronunciou através da sua conta no twitter, assumindo que aconteceu um problema, pedindo desculpas aos usuários e dizendo que a equipe estava trabalhando para voltar com tudo ao normal.

No decorrer do dia 04/10/2021, surgiram notícias em diversos canais de comunicação informando que documentos foram vazados devido ao “apagão”, o que gerou maiores transtornos para a empresa de Mark Zuckerberg, que foi obrigado a se manifestar publicamente. Em texto divulgado em sua página no Facebook ele informou que, dentre outras coisas, a preocupação maior da empresa não é com relação a quantidade de pessoas que foram para a concorrência nem quanto dinheiro foi perdido, mas, com àqueles que utilizam o serviço para trabalho, se comunicar com as pessoas amadas ou dar suporte para a sua comunidade.

Depois de mais de seis horas “fora do ar” os aplicativos voltaram a funcionar de forma gradual.

Cabe aqui, ainda mencionar, que o Facebook foi acusado por Frances Haugen, ex-gerente de produto da empresa, em matéria divulgada pelo jornal Wall Street, e em participação ao programa chamado “60 minutos” ambos dos Estados Unidos, que existem documentos comprovando que o Facebook sabe que as suas plataformas são usadas para transmitir ódio, violência e desinformação. Ainda foi falado que tentam esconder tais evidências.

Para saber mais sobre este e outros temas relacionados à privacidade e proteção de dados pessoais, a equipe do Assis e Mendes possui especialistas prontos para atender as necessidades de sua empresa. Entre em contato conosco pelo site www.assisemendes.com.br.

Mariana Lucas é advogada da equipe de Privacidade e Proteção de Dados do Assis e Mendes.

Compartilhe:

Mais Artigos

MITIGANDO RISCOS CONTRATUAIS: O PAPEL DA CLÁUSULA DE LIMITAÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Nas relações contratuais, os riscos derivados da transação são uma ameaça constante, podendo comprometer a estabilidade de um negócio. Diante desse desafio, as empresas buscam estratégias para mitigar esses riscos, …

Guia orientativo: Hipóteses legais de tratamento de dados pessoais com base no legítimo interesse – Você sabe como usar essa base legal dentro da sua organização?

No dia 02/02/2024 a ANPD publicou o seu mais novo guia orientativo denominado “Hipóteses legais de tratamento de dados pessoais – legítimo interesse”, com o objetivo de esclarecer pontos relevantes …

RESPONSABILIDADE LEGAL NAS MÍDIAS SOCIAIS E MARKETING DIGITAL: DIRETRIZES PARA EVITAR QUESTÕES LEGAIS E LITÍGIOS

Nos últimos anos, o crescimento das mídias sociais e do marketing digital transformou o cenário da publicidade, tanto a nível nacional, quanto a nível mundial, oferecendo oportunidades para marcas e …

Maximizando a Proteção Patrimonial: O Papel Estratégico da Holding no Planejamento Sucessório

Quando nos aproximamos da fase da vida em que começamos a refletir sobre a transferência de nosso patrimônio para as próximas gerações, a preocupação com a segurança e a integridade …

O uso do Scraping e Web Crawler pode prejudicar a mim ou minha empresa?

O uso incorreto das ferramentas de raspagem da web pode trazer consequências desastrosas para sua empresa. Entenda como utilizá-las

F.A.Q – REGISTRO DE OPORTUNIDADE EM LICITAÇÕES DE TIC

Para participar de Licitações de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), as empresas devem seguir as diretrizes da Instrução Normativa SGD/ME nº 1, de abril de 2019, com suas respectivas …

Entre em contato

Nossa equipe de advogados altamente qualificados está pronta para ajudar. Seja para questões de Direito Digital, Empresarial ou Proteção de Dados estamos aqui para orientá-lo e proteger seus direitos. Entre em contato conosco agora mesmo!

Inscreva-se para nossa NewsLetter

Assine nossa Newsletter gratuitamente. Integre nossa lista de e-mails.