MEU INSTAGRAM FOI HACKEADO…E AGORA?

21 de dezembro de 2023

Não é segredo que as redes sociais têm ganhado um grande espaço na vida das pessoas e que a cada dia surgem novas plataformas para nos conectar ainda mais com outras pessoas. 

Você pode não ter uma conta na plataforma Instagram, mas aposto que conhece pelo menos uma pessoa com perfil nesta rede social. 

Com o passar do tempo, essas redes sociais se tornaram mais do que simples diversão ou meio de comunicação, tornaram-se também fonte de renda para muitas pessoas.

O número de seguidores e o engajamento atingindo no Instagram, por exemplo, pode atrair empresas interessadas em divulgar suas marcas que pagam um bom valor por isso, fato este que fez surgir uma nova profissão, a do influenciador digital.

Quantas vezes você mesmo não foi induzido a adquirir um produto que viu determinado artista divulgando em sua rede social, um perfume que sequer sentiu o cheiro, apenas pelo fato do influenciador ter dito usar e ser bom? 

Pois é, na maioria das vezes ele apenas disse aquilo porque recebeu da marca um bom valor para divulgar o produto, ou seja, a rede social é a fonte de renda daquele influenciador, sendo muito importante manter sua conta ativa.

Mas não precisamos ser tão extremistas a ponto de pensarmos apenas nos influenciadores digitais. Sejamos sinceros, hoje em dia somos mais apegados às nossas redes sociais do que a alguns bens materiais.

Quantas vezes tiramos uma foto e registramos momentos que postamos apenas nas redes sociais, não imprimimos mais como antigamente, nem fazemos álbuns de fotos, ou seja, todos os nossos registros ficam guardados nas redes sociais. 

Também, temos muitas conversas pessoais mantidas no chamado “direct” do Instagram, que não desejamos expor ou compartilhar com terceiros.

Imagine então se sua rede social for invadida e você não puder mais ter acesso aos seus arquivos de fotos? Pior ainda, saber que terceiros passaram a ter acesso a todas as suas conversas?

Pois é, isso é o que tem acontecido pelo fato de criminosos também terem percebido que o Instagram se tornou uma grande fonte de renda e local de fácil interação com terceiros, sendo possível aplicar novos golpes por meio da invasão de perfis.

Os criminosos se aproveitam de falhas na segurança tecnológica da plataforma, ou seja, da vulnerabilidade do sistema, para invadir o perfil do Instagram, assumir a identidade da vítima e aplicar golpes como, por exemplo, oferecer produtos ou serviços com pagamento por pix. 

Os amigos da vítima, acreditando se tratar do amigo, compram o suposto produto (inexistente) e efetuam o pagamento ao golpista.

Essa prática de golpe e muitos outros têm se tornado cada vez mais comuns. 

Caso você já tenha passado por isso, não se desespere, podemos ajudá-lo. Isto porque, há meios preventivos, extrajudiciais e judiciais para recuperar a conta hackeada.

Prevenção

Mas antes de falarmos sobre como remediar, que tal falarmos de como tentar evitar?

Para se proteger contra estas invasões, uma boa solução é habilitar aplicativos autenticadores no seu aplicativo Instagram.

Para isso, você deve acessar as configurações do seu perfil, após clicar em “segurança” e então em “autenticação em dois fatores”. 

     

 

Após, deverá habilitar a opção de aplicativo de autenticação e escolher um aplicativo de sua preferência (não esqueça de guardar os códigos). As opções de SMS e Whatsapp não são tão boas e não garantem proteção, sendo a melhor delas a de aplicativo de autenticação.

 

 

Além disso, nunca exponha seu telefone ou e-mail de acesso à conta em seu perfil.

 

Recuperando a conta extrajudicialmente

Dito isto, caso ainda assim o pior tenha acontecido e sua conta tenha sido invadida, não se desespere, podemos ajudar.

Extrajudicialmente, é possível preencher um formulário fornecido pela própria rede social e seguir os procedimentos por eles determinados. 

Para isso, você deve acessar o site instagram.com/hacked, contudo este acesso deve ser realizado do computador ou smartphone que você já tenha utilizado para acessar a conta na qual se pretende a recuperação.

Em seguida, selecione a opção “minha conta foi invadida” e, após, em “abrir aplicativo”. 

 

Na tela seguinte do suporte, você deverá selecionar a opção “Minha conta foi invadida” e clicar em avançar. Após, deverá colocar o nome do usuário da conta invadida e, caso não consiga, tenta também com o nome atual, utilizado pelo invasor.

 

Existe a possibilidade do invasor ter alterado o número de telefone vinculado. Caso isso tenha ocorrido, você deverá clicar em “Tentar de outra forma” e selecionar a opção desejada:

 

Seguindo, basta inserir o e-mail que tenha acesso, para receber o código de verificação e inserir no campo apresentado.

Será necessário gravar uma selfie e enviar após a conclusão, finalizado, clique em “concluir”.

Caso não surta efeito, é possível o envio de notificação extrajudicial à plataforma, mas para isso você irá precisar de um advogado e guardar provas de que tentou executar os passos anteriores e não funcionou.

Recuperando a conta Judicialmente

Além disso, não se descarta a possibilidade do ingresso de ação judicial, tanto para a recuperação da conta, quanto para obtenção de reparação de danos em face da rede social, que tem gerado uma média de indenização entre R$5.000,00 (cinco mil reais) a R$10.000,00 (dez mil reais).

Isto porque, com a invasão do perfil fica evidente a falha na prestação dos serviços da rede social, que deixa de fornecer a segurança necessária em sua plataforma ao usuário, possibilitando que criminosos violem o perfil do usuário e manipule seu conteúdo para enganar terceiros e obter vantagem ilícita.

A responsabilidade civil da empresa é objetiva, ou seja, independente de culpa, isto porque decorre do exercício de sua atividade. Para que este tipo de responsabilidade seja afastada, é necessário que a empresa demonstre que o usuário quem efetivamente forneceu ou se descuidou quanto à guarda de sua senha de acesso à conta do Instagram.

Caso Real

No dia 02/03/2023, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo aumentou a condenação do Instagram ao pagamento de dano moral à Autora da ação para o valor de R$6.000,00 (seis mil reais). Isto porque, a Autora teve sua conta na rede social Instagram hackeada e seus dados foram utilizados de forma ilícita por indivíduo, que se passou por ela, vendendo produtos inexistentes com a finalidade de aplicar golpes.

Você não está sozinho!

 

Claro que o ideal é não ter que passar por uma situação dessa, porque sabemos o quão desgastante e angustiante esse problema é, mas caso aconteça, nossa equipe está preparada para te ajudar, tanto extrajudicialmente quanto judicialmente, para que este problema possa ser resolvido da forma mais rápida tranquila possível para você.

 

Para saber mais sobre este e outros temas relacionados ao Direito digital, a equipe do Assis e Mendes possui especialistas prontos para atender as necessidades de sua empresa. Entre em contato conosco pelo site www.assisemendes.com.br.

Compartilhe:

Mais Artigos

MITIGANDO RISCOS CONTRATUAIS: O PAPEL DA CLÁUSULA DE LIMITAÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Nas relações contratuais, os riscos derivados da transação são uma ameaça constante, podendo comprometer a estabilidade de um negócio. Diante desse desafio, as empresas buscam estratégias para mitigar esses riscos, …

Guia orientativo: Hipóteses legais de tratamento de dados pessoais com base no legítimo interesse – Você sabe como usar essa base legal dentro da sua organização?

No dia 02/02/2024 a ANPD publicou o seu mais novo guia orientativo denominado “Hipóteses legais de tratamento de dados pessoais – legítimo interesse”, com o objetivo de esclarecer pontos relevantes …

RESPONSABILIDADE LEGAL NAS MÍDIAS SOCIAIS E MARKETING DIGITAL: DIRETRIZES PARA EVITAR QUESTÕES LEGAIS E LITÍGIOS

Nos últimos anos, o crescimento das mídias sociais e do marketing digital transformou o cenário da publicidade, tanto a nível nacional, quanto a nível mundial, oferecendo oportunidades para marcas e …

Maximizando a Proteção Patrimonial: O Papel Estratégico da Holding no Planejamento Sucessório

Quando nos aproximamos da fase da vida em que começamos a refletir sobre a transferência de nosso patrimônio para as próximas gerações, a preocupação com a segurança e a integridade …

O uso do Scraping e Web Crawler pode prejudicar a mim ou minha empresa?

O uso incorreto das ferramentas de raspagem da web pode trazer consequências desastrosas para sua empresa. Entenda como utilizá-las

F.A.Q – REGISTRO DE OPORTUNIDADE EM LICITAÇÕES DE TIC

Para participar de Licitações de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), as empresas devem seguir as diretrizes da Instrução Normativa SGD/ME nº 1, de abril de 2019, com suas respectivas …

Entre em contato

Nossa equipe de advogados altamente qualificados está pronta para ajudar. Seja para questões de Direito Digital, Empresarial ou Proteção de Dados estamos aqui para orientá-lo e proteger seus direitos. Entre em contato conosco agora mesmo!

Inscreva-se para nossa NewsLetter

Assine nossa Newsletter gratuitamente. Integre nossa lista de e-mails.