Contrato de Intermediação de Negócios.

8 de fevereiro de 2023

Uma das maiores dificuldades de startups e até mesmo de algumas empresas de tecnologia que já estão no mercado há bastante tempo é a captação de clientes e o ingresso em nichos específicos de mercado.

E, muitas vezes, simplesmente contratar um profissional especializado em vendas acaba por não resolver este problema, pois, “começar do zero” leva tempo e pode prejudicar a capitalização a curto prazo na forma que a empresa espera ou necessita.

É nessa hora que o profissional ou empresa especializada em intermediação de negócios entra em cena,  pois ele já conta com experiência no mercado e, na maioria das vezes, possui uma lista de clientes em potencial que pode pertencer justamente ao nicho de mercado que você pretende ingressar.

Dessa forma, uma intermediadora de negócios já possui a expertise necessária para vender os seus produtos ou serviços e possui fácil acesso a clientes, sem que você precise, necessariamente, gastar tempo e recursos com treinamento e captação.

Além disso, contratar uma intermediadora de negócios pode ser uma estratégia comercial muito eficiente e menos cara para a sua empresa, considerando que o processo de captação fica a cargo dos intermediadores e a remuneração pelos serviços pode ser definida através de comissionamento.

Mas é claro que isso pode não ser tão simples assim uma vez que cada empresa tem as suas peculiaridades.

Por isso, muitas empresas criam programas de parceria ou modelos específicos para praticar suas vendas através dos intermediadores contratados.

É exatamente aí que surge a necessidade de se ter um contrato de intermediação muito bem elaborado e que reflita todas as necessidades e regras que você tem para o seu negócio.

Podemos dizer que as regras do jogo precisam estar bastante claras para que sua empresa não seja pega de surpresa em qualquer situação.

Dessa forma, ter um modelo contratual neste sentido padroniza a dinâmica de seu modelo de negócio e estabelece as suas regras para o melhor desenvolvimento das vendas de sua empresa.

Com ele, você estabelece os percentuais mínimos e máximos de comissionamento, obrigações de não concorrência, garante a desvinculação trabalhista, confidencialidade de suas informações, e define os procedimentos que você deseja que o intermediador siga de acordo com as regras da sua empresa.

Por isso, caso você tenha em mente estabelecer relação com intermediadores de negócio, não economize! Contrate uma assessoria jurídica capaz de desenvolver o melhor instrumento contratual que respalde juridicamente todos os direitos e interesses de sua empresa.

Compartilhe:

Mais Artigos

MITIGANDO RISCOS CONTRATUAIS: O PAPEL DA CLÁUSULA DE LIMITAÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Nas relações contratuais, os riscos derivados da transação são uma ameaça constante, podendo comprometer a estabilidade de um negócio. Diante desse desafio, as empresas buscam estratégias para mitigar esses riscos, …

Guia orientativo: Hipóteses legais de tratamento de dados pessoais com base no legítimo interesse – Você sabe como usar essa base legal dentro da sua organização?

No dia 02/02/2024 a ANPD publicou o seu mais novo guia orientativo denominado “Hipóteses legais de tratamento de dados pessoais – legítimo interesse”, com o objetivo de esclarecer pontos relevantes …

RESPONSABILIDADE LEGAL NAS MÍDIAS SOCIAIS E MARKETING DIGITAL: DIRETRIZES PARA EVITAR QUESTÕES LEGAIS E LITÍGIOS

Nos últimos anos, o crescimento das mídias sociais e do marketing digital transformou o cenário da publicidade, tanto a nível nacional, quanto a nível mundial, oferecendo oportunidades para marcas e …

Maximizando a Proteção Patrimonial: O Papel Estratégico da Holding no Planejamento Sucessório

Quando nos aproximamos da fase da vida em que começamos a refletir sobre a transferência de nosso patrimônio para as próximas gerações, a preocupação com a segurança e a integridade …

O uso do Scraping e Web Crawler pode prejudicar a mim ou minha empresa?

O uso incorreto das ferramentas de raspagem da web pode trazer consequências desastrosas para sua empresa. Entenda como utilizá-las

F.A.Q – REGISTRO DE OPORTUNIDADE EM LICITAÇÕES DE TIC

Para participar de Licitações de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), as empresas devem seguir as diretrizes da Instrução Normativa SGD/ME nº 1, de abril de 2019, com suas respectivas …

Entre em contato

Nossa equipe de advogados altamente qualificados está pronta para ajudar. Seja para questões de Direito Digital, Empresarial ou Proteção de Dados estamos aqui para orientá-lo e proteger seus direitos. Entre em contato conosco agora mesmo!

Inscreva-se para nossa NewsLetter

Assine nossa Newsletter gratuitamente. Integre nossa lista de e-mails.